Generosidade: a virtude de ser bom

mom-2208928_1280.jpg

Olá meus queridos!!

Hoje vamos falar de generosidade que é a virtude de ser bom. Ser bom de uma forma despretensiosa e sem esperar nada em troca. Ser generoso é ser nobre, digno, ter compaixão, humanidade.

A generosidade é a capacidade que o ser humano tem em fazer coisas boas para as outras pessoas. Para ser generoso não é só distribuir bens materiais, mas também dar carinho e atenção. Suas ações valem também valem muito. Nunca se esqueça de quem tanto te ajudou em suas vitórias a gratidão, também é um ato de generosidade.

flowers-1193840_1280.jpg

Ser uma pessoa generosa ajuda a ter paz interior. Ser generoso nos ajuda a sermos mais pacientes e benevolentes. Hoje em dia esta virtude está sendo deixada de lado. Quase ninguém lembra mais de agradecer, de se prontificar a levar uma sacola pesada para a outra pessoa (mesmo que ele seja o seu vizinho).

A falta dela, faz com que a pessoa seja mesquinha, egoísta e nós não queremos que isso aconteça com ninguém. A virtude da generosidade deveria fazer parte do nosso dia a dia e não é o que está acontecendo.

Ser generoso é oferecer amor e proteção. Quando nos sentimos amados e protegidos, parece que ficamos mais fortes e confiantes. E é nestas horas que perdemos o medo de nos comunicar, de colocar para fora tudo o que está nos incomodando.

hand-1284451_1280.jpg

A generosidade como uma virtude deve vir acompanhada da gratidão e cultivada desde a nossa infância. Ser generoso nos trás paz e bem estar. Já reparou que toda vez que você faz o bem para alguém como se sente mais leve? Esta é uma situação que deveríamos praticar em nosso dia a dia, assim como ter uma boa educação.

Devemos influenciar as crianças e os adolescentes a não serem egoístas e saber dividir as coisas com seus colegas. Ensiná-los a ser generosos com os outros e em relação a seus sentimentos. Pessoas boas são vistas com outros olhos por todo mundo. São amadas e respeitadas.

margaret-1285618_1280.jpg
Existem vários exemplos de generosidade como ceder o acento do ônibus para quem realmente necessita (idosos, grávidas, pessoas com sacolas nas mãos, deficientes visuais,etc). Podemos praticar a generosidade em vários lugares, como também, em escolas, no trabalho, entre tantos outros. Basta ter consciência de que alguém está precisando e ajudar.

Tudo que faça e que seja verdadeiro e do fundo do seu coração é válido. Mas o que é mais importante nisso tudo é fazer sem querer colher nenhum louro pelos seus atos.

Um beijo no coração de vocês!!

 

 

 

Publicado por Angelica Lavorato

Me chamo Angélica. Nasci na cidade de Astolfo Dutra - MG e moro atualmente em Juiz de Fora - MG. Sou Historiadora por formação e ainda Psicanalista e Terapeuta Holística por profissão e vocação. Amo o que faço. A Psicanálise foi onde eu me encontrei.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: